Pesquisa aponta que o curso técnico propicia 48% mais chances de entrada no mercado de trabalho

Diante da reconstrução de um cenário de crise, em que os brasileiros foram forçados a buscar formas de complementar a renda e sair do vermelho, a capacitação técnica tem sido ‘a luz no fim do túnel’. Isso se comprova pelo aumento na procura por cursos técnicos e profissionalizantes no país, já que segundo o Ministério da Educação, esse número já vinha crescendo quase 70%, período de 2009 para cá. Um dos atrativos desta modalidade é a oportunidade mais rápida de contratação, justamente por se tratar de uma capacitação de curto prazo e que oferece salários atraentes.

Pensando neste cenário o Senac em Varginha está com inscrições abertas para o Técnico em Enfermagem, Técnico em Informática e novo curso de Técnico em Agronegócio, ambos com aulas realizadas de segunda a sexta-feira no período noturno. “A prática é um dos diferenciais do Senac, que propõe ao aluno, desde o início, esse formato de aprendizado”, destaca Niesley Cruz, Consultor de Negócios em Varginha. Os cursos técnicos do Senac são totalmente voltados para a prática profissional. Após concluírem os estudos, os alunos ainda contam com um apoio da instituição para se inserirem no mercado de trabalho, por meio do portal Rede de Carreiras.

 

Fortalecimento e a valorização do ensino técnico

Nos últimos anos, o comportamento dos estudantes que concluem o ensino médio está sofrendo mudanças. “Eles estão começando a considerar não apenas a faculdade, mas também o curso profissionalizante como uma alternativa para a sua formação profissional”, destaca o diretor do Senac, Edivaldo Santos Amorim. O contexto atual mostra que o fortalecimento e a valorização do ensino técnico se revelam uma necessidade e um caminho natural diante da diversificação das indústrias, do crescimento da economia e da modernização dos setores de comércio e serviços.

 

De acordo com um estudo da Fundação Getulio Vargas (FGV) e do Instituto Votorantim, em uma comparação com as pessoas que encerraram a formação educacional no ensino médio, aqueles que concluem um curso técnico têm 48% mais chances de entrada no mercado de trabalho.

WhatsApp
Enviar