De acordo com um estudo realizado pela Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES) em parceria com a DCI, empresa focada em inteligência de mercado e consultoria, o Brasil ocupa o 9° lugar no ranking mundial quando se trata de investimentos em Tecnologia da Informação (TI).

Esses investimentos, no país, chegaram a US$ 47 bilhões em 2018 e prometem continuar em alta, especialmente quando se trata de programas de computador. A tendência é favorável aos softwares em razão da transformação digital em pequenas e médias empresas, as quais têm buscado cada vez mais soluções de apoio.

Se você já percebeu essa oportunidade no mercado e agora deseja saber como aumentar sua renda revendendo softwares, encontrou o texto certo. Aqui, damos alguma dicas que o ajudarão durante as vendas, confira!

Conheça tudo sobre a solução que você está oferecendo

Lidar com repetidas objeções em uma conversa com alguém que entende do assunto pode ser desagradável e até mesmo manchar a sua reputação como vendedor, concorda?

Acredite, o jogo de cintura faz parte do processo de vendas, mas ele não serve para muita coisa se você não conhece tudo sobre a solução que está oferecendo. Por isso, antes de criar estratégias para aumentar sua renda revendendo softwares, é importante estudar a fundo todos os módulos e funcionalidades dos programas.

Isso ajuda a lidar com as réplicas e a promover os produtos com eficiência! Então, se possível, converse com o fornecedor, peça acesso ao sistema e o experimente por alguns dias — ambas as partes saem ganhando.

Invista na divulgação do software por meio da internet

Antes de mais nada, é importante dar ênfase ao seguinte ponto: revender softwares de uma empresa reconhecida no mercado que realiza investimentos em marketing e já tem uma reputação online é a melhor opção para você e para as suas vendas, pois a divulgação já está em andamento e é possível utilizar os materiais disponíveis do fornecedor.

Contudo, faça também a sua parte como vendedor! Você pode:

· criar um site institucional;

· criar uma estratégia envolvendo seu blog e o envio de newsletters;

· divulgar os programas nas redes sociais.

Caso trabalhe com mais de uma solução, pode usar os elementos acima para divulgar todas elas e, se possível, mostrar como uma complementa a outra — é o caso de sistemas ERP e softwares de CRM, por exemplo.

Estude o seu mercado e o mercado do cliente

 

Além de se enxergar como empreendedor, você precisa criar estratégias completas de vendas. Isso envolve o levantamento prévio das possíveis perguntas que o cliente pode fazer, a fim de evitar que elas desestabilizem a sua apresentação.

 

Por esse motivo, é importante:

 

  • estudar as funcionalidades do programa oferecido, como já vimos;
  • estudar o seu mercado;
  • estudar o mercado e a empresa do cliente.

Isso lhe garante vantagens durante a conversa, permitindo que você esteja sempre um passo à frente. Veja um exemplo: a pesquisa citada no início deste artigo já diz muito sobre o seu mercado, não é? Essa informação pode ser usada para convencer empresários de que cada vez mais PMEs estão investindo em softwares para otimizar processos.

 

Quer outro exemplo? Se o cliente tem um e-commerce e já sofreu com o vazamento de dados, você pode utilizar o argumento de que a sua solução trabalha com o armazenamento em nuvem e garante a segurança das informações.

 

Utilize técnicas de storytelling para vender softwares

 

Uma coisa é certa: vendedores precisam ajustar o mindset e aprender a construir e cultivar relações! A princípio, o storytelling pode ser uma ferramenta poderosa que o ajudará a montar uma carteira de clientes e revender softwares. Mas, por quê?

 

Pequenos e médios empresários já estão se dando conta da necessidade de ferramentas tecnológicas que dão apoio à gestão ou solucionam outros problemas do negócio, mas muitos deles entendem pouco de tecnologia.

 

É aí que entra o seu conhecimento aliado à sua estratégia!

 

Você sabe tudo sobre a solução que está oferecendo, estudou o mercado do cliente e, possivelmente, já identificou as principais necessidades da empresa dele, certo? Agora, mostre que a solução que você oferece é a ideal para sanar essas necessidades:

  • peça ao fornecedor do software alguns cases de sucesso e depoimentos de empreendedores satisfeitos;
  • conte histórias sobre o antes e o depois de empresas que adquiriram o sistema;
  • ressalte como cada funcionalidade pode sanar os problemas específicos que o cliente mencionou.

E então, já sabe como aumentar sua renda revendendo software? Ótimo!

Agora, o que acha de conferir as vantagens de revender softwares de gestão empresarial de uma empresa reconhecida no mercado e que está em constante crescimento? Veja os benefícios de filiar-se ao GestãoClick!

Fonte: Gestão Click.

WhatsApp
Enviar