Conhecido como hipoteca ou mortgage, a modalidade de crédito é muito comum fora do país e conta com juros mais baixos até mesmo do que o crédito consignado

 

Bruno Gama, CEO da CrediHome

Mais de 60% das famílias estão endividadas no Brasil, de acordo com dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) realizada em maio de 2019. Mais alarmante do que isso, é o número de inadimplentes no País, ou seja, aqueles que têm dívidas ou contas em atraso, que são 24,1% da população. Ainda segundo a Peic, o cartão de crédito é o campeão de dívidas, elencado por mais de 78% dos endividados, que são vítimas de uma das maiores taxas de juros que existe, chegando a quase 300% ao ano.

Para sanar esse problema, uma solução inteligente já conhecida é pedir outra modalidade de empréstimo, com juros menores, para pagar a dívida com o cartão de crédito. As opções buscadas nesse caso são os tradicionais empréstimos em instituições financeiras ou crédito consignado. Mas o crédito com menor juros do mercado, não é sequer conhecido por grande parte dos brasileiros, o home equity.

O home equity é uma modalidade de crédito pouco comum no Brasil, e trata-se de um crédito com garantia imobiliária, também conhecido como hipoteca, ou mortgage, termos tão citados em filmes americanos. Na prática, o imóvel próprio é dado como garantia para um empréstimo de até 50% do valor dele.

O crédito pode ser usado para qualquer finalidade – inclusive pagar dívidas com juros maiores – e tem taxa de juros que vai de 1,2% a 1,5% ao mês. As taxas mais baixas tornam o empréstimo mais fácil de ser pago, e em mais tempo, buscando diminuir a inadimplência entre os brasileiros.

Além de pagar dívidas que geram juros maiores, o home equity, fora do Brasil, é uma oportunidade de crédito para investimento: seja em um novo empreendimento ou em um curso para alavancar a carreira.

Para trazer esse cenário também para o Brasil, popularizando tal modalidade, a CrediHome, plataforma digital de crédito imobiliário, tem seu próprio home equity, não só o tradicional, mas também em formatos voltados para a compra do segundo imóvel, para quitar dívidas de condomínio e também para que o proprietário de um imóvel faça uma reforma e valorize-o para o futuro.

Bruno Gama, CEO da CrediHome

Bruno Gama é Engenheiro de Produção formado pela Escola Politécnica da USP, com pós-graduação e mestrado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP) e cursos de extensão em Berkeley, MIT e Esade (Espanha). Iniciou a carreira na área de meios de pagamentos, atuando 6 anos na Credicard (Citigroup). Teve experiência de 8 anos em telecomunicações, atuando na Telefônica SP e Espanha (Madri), onde participou de iniciativas como a implantação da Banda Larga (Speedy) e na integração do maior projeto de CRM do grupo na América Latina. Nos últimos 10 anos atuou como CEO/Managing Director da CrediPronto, uma joint Venture da Lopes (Real Estate) e do Banco Itaú, criada como uma startup com foco na originação de financiamento imobiliário, se tornando um player significativo do mercado.

Sobre a CrediHome

A CrediHome é uma plataforma digital de crédito imobiliário que conecta o cliente interessado no financiamento imobiliário ou home equity a todos os bancos de maneira gratuita, online, prática e sem burocracia, provendo ainda uma assessoria completa desde a aprovação do crédito até a liberação do recurso.

WhatsApp
Enviar