Existe um ditado popular clássico que diz que “errar é humano”. De fato, o erro é uma característica tipicamente humana e pode ser até considerado natural, afinal, não somos perfeitos e não sabemos tudo. A insistência em errar, no entanto, não pode ser um comportamento comum entre nós.

Mas, por mais que passemos a vida tentando cometer o menor número de falhas possível, elas irão surgir durante nossa jornada. O mais importante é ter consciência, saber levantar depois de um tombo e manter o foco de que um erro pode ser um dos melhores caminhos para o crescimento pessoal e até profissional.

O primeiro passo para aprender com os erros é tirar a imagem negativa que nos é imposta desde o começo da vida, onde errar é ruim. Claro que existem penalizações, consequências pelo erro, mas tornar essa experiência apenas algo depreciativo impede que avancemos, enxergando esse ato como um passo para o crescimento e o aprendizado. Veja outras formas para você começar a aprender e crescer:

1) Não sinta medo de errar

Parece curioso, dentro de um cenário em que buscamos não falhar, que cultivemos esse sentimento. A partir do momento em que entendemos que o erro nos permite crescer e aprender, precisamos deixar de ter medo. Continue agindo e trabalhando buscando a perfeição, mas, caso uma falha aconteça, fique tranquilo, pois uma oportunidade de crescimento se abriu.

2) Assuma e não fique justificando

Ter uma atitude defensiva é um dos piores comportamentos que podemos assumir quando erramos. Temos um instinto natural em procurar justificativas, encontrar culpados, se proteger de algo que acabou cometendo, mesmo que sem intenção. O primeiro passo para superar e aprender com a falha é assumi-la sem rodeios. Encare o problema de frente!

3) Entenda, para não repetir

Na sequência do ponto anterior, assim que assumir que errou, você precisa buscar os motivos para o acontecido. Quais foram as razões que levaram você a errar? Por que aquela falha aconteceu? Tome nota dos seus tropeços, analise-os de cabeça fria e trace soluções para que eles não ocorram novamente.

4) Peça desculpas (com sinceridade)

Além de reconhecer o erro, você precisa ter a nobreza de se desculpar com quem foi atingido pela falha. Sabendo que você prejudicou alguém, não demore para buscar se redimir. O primeiro passo é o pedido de desculpas. É fundamental ser sincero nesse instante, para que a outra parte compreenda sua frustração pela falha e busque te dar uma nova oportunidade. Após receber o perdão, trabalhe para não cometer outro erro.

5) Não fique inibido com o passado

É natural que falhas passadas incomodem, especialmente quando ficamos diante de um cenário que lembra um erro que já cometemos. Evite pensar no que já aconteceu, deixe para trás as decisões que você um dia tomou. Olhe para frente e faça as coisas da melhor maneira possível. Estamos sempre buscando melhorar e isso faz parte do nosso crescimento.

6) Trabalhe a superação

Alguns erros que cometemos trazem grandes consequências. Uma falha grave no trabalho pode custar um emprego, por exemplo, mas, para você colher os frutos e aprender com os erros, é preciso superação. Trabalhe formas de colocar um ponto final nessa história, não fique remoendo aquilo que aconteceu. Livre-se do sentimento negativo. Só assim você estará tranquilo para buscar o aprendizado.

Esses são apenas alguns exemplos que podem guiar você a aprender com os erros. São práticas simples, mas que podem não ser fáceis de começar a funcionar logo de cara. Assim como um aprendizado, é preciso persistência e uma mudança de mentalidade para ter uma vida mais satisfatória, tirando o lado positivo de cada circunstância negativa.

Nesse sentido, vale a pena buscar um apoio diferenciado para abrir a mente e viver com mais plenitude e entendimento. O coaching é uma forma poderosa de atingir um alto nível de compreensão de quem somos, entendendo quais são as nossas virtudes, falhas e conhecendo os atalhos para superar os obstáculos de frente, mais preparados.

Fonte: IBC Coaching

WhatsApp
Enviar