As habilidades são comportamentos desenvolvidos com certa destreza, é característica de quem é hábil e demonstra aptidão naquilo que faz, porém quando relacionamos ao futuro do trabalho, que já acontece pelo mundo afora, as tais soft skills são solicitadas, também conhecidas como habilidades interpessoais, ou seja, são os atributos que nos permitem interagir efetivamente e de forma harmoniosa com alguém.

Viu? É um conceito amplo, pois tais características abrangem o comportamento humano, podendo ser naturais, como os talentos, ou desenvolvidas, caso sua função solicite e você não seja muito bom naquilo. Líderes globais falam atualmente de criar meios para compartilhar talentos a nível mundial, isso mostra como a visão de trabalho tem modificado rapidamente.

O que eu gostaria de compartilhar com vocês é a minha percepção sobre isso: entendo que as capacidades a serem desenvolvidas retoma a nossa atenção para o primordial, que são as pessoas e seus comportamentos básicos. Afinal, as habilidades interpessoais são a nossa capacidade de lidar com os outros produtivamente e de forma equilibrada.

Posso simplificar em uma frase que meu pai sempre dizia: seja educada e trate todos bem, faça o melhor que pode em seu trabalho e seja honesta, o respeito será consequência.

Isso desenvolveu em mim resiliência, audição ativa, colaboratividade, pensamento crítico, flexibilidade cognitiva, adaptabilidade, iniciativa e inteligência social, para citar algumas.

Atualmente percebo as pessoas desconectadas de si, com a atenção dispersa na constante avalanche informativa e com pouca atitude, preocupadas somente com seus umbigos e em reclamar de tudo, sempre transferindo a responsabilidade das suas vidas para os outros. Um exemplo esdrúxulo dessa transferência que vejo direto é gente tirando dúvida sobre assuntos genéricos no Whatsapp com um amigo ao invés de consultar no Google.

Que realidade é essa? A realidade é outra coisa, ela se manifesta quando estamos conectados com a gente mesmo, conscientes das habilidades que temos e das que precisamos aprimorar para cumprir as tarefas, quando desenvolvemos um ambiente saudável pelas nossas atitudes e permanecemos firmes nessa escolha, independente da intenção ou maldade do outro. Dessa forma, é possível as pessoas ao seu redor percebam as suas habilidades sendo cultivadas e se sintam impelidos a fazer o mesmo. Só quem tem coragem de se mover faz isso, seja corajoso e banque essa mudança.

Existe técnica para descobrir e desenvolver esses comportamentos, se te interessar entre em contato comigo que posso ajudar. E, perdoe-me se fui muito direta, mas temos urgência e se digo isso é para o seu e nosso bem, porque o mundo melhora cada vez que um de nós acorda desse sono.

Brenda Freitas é fundadora do Liga os Pontos, desenvolve líderes e equipes em empresas para performance ideal, através do autoconhecimento e desenvolvimento de habilidades, utilizando a sua experiência de mais de 16 anos em capital humano.
Siga: https://www.instagram.com/ligaospontos/
Curta: https://www.facebook.com/ligaospontos
Saiba mais: https://www.ligaospontos.com/

WhatsApp
Enviar