A quantia, que ultrapassou a expectativa da organização, foi estimada com base na avaliação dos cerca de 400 empresários, que participaram de 748 reuniões, entre grandes corporações e pequenas empresas

 

A Rodada de Negócios de Poços de Caldas, evento realizado pelo Sebrae Minas, superou as expectativas e encerrou nesta quarta-feira (07/08), com a estimativa de quase R$ 200 milhões em negócios, que poderão ser efetivados nos próximos doze meses. O valor ultrapassou a expectativa da organização, que girava em torno de R$ 45 milhões. A quantia foi estimada com base na avaliação dos cerca de 400 empresários, que participaram de 748 reuniões, entre grandes corporações (âncoras do evento) e pequenas empresas (ofertantes) ao longo de quase dez horas de rodada.

“Para nós do Sebrae é uma grata satisfação chegar ao final da Rodada com números tão expressivos, tanto de participação das empresas, quanto de expectativa de geração de negócios. Sem dúvida o evento veio para contribuir no desenvolvimento de Poços de Caldas e da nossa região,” afirma o analista do Sebrae Minas Ivan Figueiredo.

Ao final de cada reunião, os empresários participaram de uma pesquisa sobre a efetividade dos encontros. As negociações foram avaliadas como, ótimo: 34%; bom: 40%; fraco: 4%; e não opinaram: 22%.

“A gente gosta muito desse tipo de ação, porque conseguimos identificar melhor as oportunidades. Na fábrica, muitas vezes não podemos receber todo mundo, por isso, disponibilizar um dia inteiro para os contatos é muito produtivo”, comentou Michel Bastos, comprador da Danone, unidade de Poços de Caldas.

O evento

Foram 34 âncoras e 142 pequenas empresas participantes. Entre elas, a Dirvan, fabricante de biscoitos caseiros, na cidade de Andradas, no Sul de Minas. A proprietária Fernanda Simionato aprovou o evento. “Eu nunca tinha participado de uma Rodada de Negócios, então eu achei muito interessante, porque fizemos muitos contatos e conhecemos várias empresas. Por isso, é de grande valia participar”, comentou.  A mesma opinião do diretor da ASW Presvida, Sílvio Santos, que viu como vantagem a oportunidade de ter acesso direto aos compradores de grandes empresas. “Esse encontro possibilita quebrar uma barreira para comercializar com as grandes corporações”, explica.

Ao mesmo tempo em que acontecia a Rodada de Negócios, foram realizadas oito palestras gratuitas, que atraíram cerca de 600 pessoas, nesta quarta-feira.  No primeiro dia do evento, na terça-feira, 06, o Teatro do Palace ficou lotado para assistir a palestra de Charles Bezerra, PHD em inovação, que impressionou a plateia com o assunto ‘Quebrar paradigmas e pensar diferente’. “Fizemos uma grande provocação com o público para olhar as coisas sistemicamente. Um estímulo para as pessoas verem valor e abundância nas suas empresas e no País; tudo depende da forma como a gente lida. Acredito que as pessoas refletem e algum aprendizado surge”, concluiu o palestrante.

O evento teve o apoio e o patrocínio da Fiemg Regional Sul, Prefeitura de Poços de Caldas, Prefeitura de Jacutinga, Associação Comercial de Poços de Caldas (ACIA Poços), Associação Comercial de Jacutinga (Acija) e Sicredi.

De acordo com o Sebrae Minas, a Rodada de Negócios de Poços de Caldas reuniu aproximadamente mil visitantes, nos dois dias de evento.

WhatsApp
Enviar